fbpx Athletico x Flamengo - Entreguem logo a Copa do Brasil 2019
28
outubro 2020
       

Entreguem logo a Taça para o Flamengo

Athletico x Flamengo – Uma Arbitragem desastrosa marcou à noite do futebol brasileiro nesta quarta – feira ,10. Em um jogo válido pela quarta de finais da Copa do Brasil, em plena Arena da Baixada, com VAR e tudo, ainda assim, o Furacão foi – literalmente – roubado!

Ganhe dinheiro
online clique aqui

Não há outro adjetivo para classificar tal atuação pífia da arbitragem, principalmente os homens que estavam à frente do Árbitro de Revisão.

Espere carregar e ouça o áudio

Vergonhosa a atuação, isso para não dizer tendenciosa!

O time de Curitiba se viu na obrigação de converter quatro gols, para que a arbitragem validasse só um.

Como tratar
lesões? Clique aqui

Dois gols, que o Athletico marcou, de fato foram bem anulados. Mas e o que o Marcelo Cirino colocou na rede, anulou porquê? Qual foi a justificativa? O escândalo é tanto, que nem a emissora que detém os direitos de transmissão, teve coragem de reprisar o lance de anulação, simplesmente por não ter o que mostrar.

Quanto ao pênalti não marcado no próprio Cirino? “Os torcedores do Flamengo”, na Central do VAR, inventaram uma falta inexistente no meio de campo, no intuito de invalidar o lance real de penal, e consequentemente, claro que levaria a expulsão do zagueiro do time da Gávea.

Flamengo é e sempre será beneficiado pela arbitragem brasileira

Resultado de imagem para flamengo e o apito
E os times de menor expressão do Brasil então? Esses já entram em campo sabendo da derrocada. Veja o exemplo da Portuguesa de São Paulo, acabou!

Não é de hoje que o rubro negro carioca é brindado pelo poder do apito e da TV. Botafogo, Vasco, Fluminense rivais direto do clube no Rio que o diga.

E os times de menor expressão do Brasil então? Esses já entram em campo sabendo da derrocada. Veja o exemplo da Portuguesa de São Paulo, acabou!

Mas quem era o Flamengo até o início da década de 80? Quais título de expressão tinha? Resposta: Nenhum!

O Botafogo de Futebol e Regatas, junto com o Santos eram os times mais populares das décadas anteriores, isso não há como negar.

Um pouco de História

Resultado de imagem para flamengo sentou em campo
Flamengo senta em campo para não tomar mais

O Botafogo era o “queridinho” das rádios até antes do golpe militar de 01 de abril de 1964, afinal em seu elenco havia uma constelação de craques, até o início da década de 70, não tinham como destruir essa máquina. Ouça mais sobre o Botafogo  clique aqui

Mas com o advento e a popularização da TV, de maneira inteligente, a diretoria do Flamengo, mudou de mala e cuia e se tornou o queridinho da telinha. O dono da telinha era rubro negro doente.

Registre-se ainda que: Walter Clark- comandou a Globo por 12 anos (de 65 a 77).Saiu de lá, para ser vice-presidente do Flamengo em 78.

Quando trabalhei na rádio Bandeirantes AM do Rio de Janeiro, tive a honra de aprender e trabalhar com jornalistas, narradores e comentaristas esportivos das diferentes décadas marcantes do futebol brasileiro.

Em off, esse colegas me contavam como era os bastidores daquela época. Não vou revelar nomes para privá-los, mas um desses colegas me assegurou: “O dono da Rádio X, mandava o locutor dizer que o time tal tinha a maior torcida do Brasil” Isso, mais tarde eu pude conferir num livro que conta a história do Rádio e TV Brasileiro.

No livro, o autor foi mais afundo: “Quando os jogos passaram a ser televisionado pela emissora X, o locutor tinha que dizer que o time tal tinha a maior torcida do Brasil, havia ordem direta em focar em enquadramento de zoo na tal torcida, embora estivesse em menor número, e exibir em plano aberto a do adversário”.

No rádio, diz o autor, “tal ordem era para elevar ao máximo o volume do microfone da torcida do time X e diminuir potencialmente a do adversário e sempre repetir: O Flamengo tem a maior torcida do Brasil”.

Grande e lendário cronista esportivo Armando Nogueira, que comandou por 25 anos o jornalismo da emissora, contou no SPORTV que os narradores eram obrigados a gritar mais alto nos gols do Flamengo e diminuir nos dos outros clubes. Os comentaristas eram advertidos a esconder os defeitos e aumentar as qualidades dos jogadores.

Por aí, já se tem uma ideia da dimensão e gravidade da coisa.

Vá no Google agora e digite: “O Jogo mais roubado de todos os tempo” e veja o que aparece

Resultado de imagem para atlético e flamengo libertadores 81
Galo x Urubu 1981

Nos meus tempos de Rádio Globo, desafiei os meus colegas jornalistas a me apresentarem um título limpo que essa instituição teria conquistado. Disse ao vivo, em meio ao programa esportivo, ao ser provocado por meu amigo Vilmar Minozzo, que comeria os microfones da Rádio Globo SC, se tal feito fosse me apresentado. Estou até hoje, querendo saber o sabor do microfone da Emissora.

Athletico x Flamengo Copa do Brasil

Athletico x Flamengo Copa do Brasil
Roubo na Arena

Dificilmente, disse difícil não impossível, o Athletico elimina o Flamengo dessa competição no Maracanã. Se na própria casa, foi assaltado a luz do VAR, imaginem no Rio de Janeiro?

Futebol brasileiro, a cada ano que passa, vai ficando mais sucateado e vexatório. Antes os erros de arbitragem, por mais absurdos que fossem, eram relevados. Mas agora há o auxílio da tecnologia e ainda assim, os erros acontecem. Só que não dá mais para dizer que, é só um erro humano e não intencional, certo?

O país inteiro agora é testemunha da falta de verdade, compromisso com a moralidade e decisão correta de um apito mediante a uma partida de futebol.

O VAR é bom, é uma tecnologia que veio para tentar moralizar um esporte que estava sendo ridicularizado e desmoralizado a tal preciosismo por este ou aquele time, mas os “caras” insistem em “errar”.

E desta forma estragam a graça do futebol. Não se trata mais de vença o melhor, mas sim de que vença o que queremos!

E olha que nem citei nesse artigo, o lance em que o goleiro do Flamengo agarrou a bola com as mão fora da grande área. Também, para que citar? Foi só mais um erro de arbitragem.

Não são poucos os “erros” de arbitragem a favor do time da gávea. Aí, tem sempre um alienado: “Mas roubaram o Flamengo também contra o time tal”, quando isso acontece – pode ver que é jogo sem expressão.

Livre-se de dores
no corpo clique aqui  

Na libertadores, atualmente, com uma arbitragem mais “profissional”, os erros podem ocorrer para ambos lados, afinal o apito não é brasileiro. Mas são conjunturas e momentos totalmente diferente a libertadores de 81.

Repito: digite no Google: O Jogo mais roubado de todos os tempos e você vai entender.

Para finalizar, vamos concordar ao menos numa frase? Entreguem logo a taça para o Flamengo…

E boa sorte para o Furacão no jogo de volta, pois vai precisar… Não é só futebol!

Siga-me no Instagram – Clique aqui

(Visited 55 times, 1 visits today)

Deixe seu comentário

Abrir conversa
1
Olá, tudo bem?
Olá, como posso te ajudar?