29
maio 2020
       

O Milagre de Fernanda

Milagre – O ano era 2004, e pelas ruas da cidade de Curitiba, um casal dirigia a toda velocidade, em busca de um hospital, no intuito de salvar a vida de seu bebê de apenas nove meses.

Mas o que esse casal não sabia é que o caminho que escolheram, para chegar ao destino traçado, estava cheio de obstáculos. Na história de hoje, quero contar para você sobre o “Milagre de Fernanda”.

Clique aqui saiba como 
perdi 10 Kg em 4 meses

Os pais dela não sabiam, mas o início daquela noite tranquila de domingo, em meados de fevereiro de 2004, marcaria de uma vez por todas a história da vida da família.

A filha mais nova de José Antônio e Sueli Rodrigues – a Fernanda Rodrigues – repentinamente, começou a se sentir mal. Os pais, atentos, notaram que algo de anormal acontecia com a menina.

Ganhe dinheiro online
com a Bunite clique aqui

Sem titubear, saíram a toda velocidade com carro em busca de socorro para a criança. Na época, a família morava em Pinhais e a rota escolhida para chegar até o Hospital do Cajuru, foi a Avenida Victor Ferreira do Amaral.

Mas naquele dia estava tendo um jogo válido pelo campeonato paranaense de futebol, no estádio do Pinheirão, e o trânsito estava impedido! Isso pegou os pais de Fernanda de surpresa.

Siga-me no Instagram
clique aqui

E agora, o que fazer? Retornar poderia significar a morte da bebê

“Eles nos fizeram passar por cima da calçada e nos escoltaram até o hospital mais próximo”, conta Sueli Rodrigues, mãe de Fernanda.
Dores no corpo?
clique aqui 

Percebendo o alvoroço da família, policiais que realizavam a segurança por fora do estádio, aproximaram – se do veículo e perguntaram o que se sucedia. O popular “Zé” explicou a situação de emergência aos policiais que entenderam e de imediato abriram um caminho para a família passar.

“Eles nos fizeram passar por cima da calçada e nos escoltaram até o hospital mais próximo”, conta Sueli Rodrigues, mãe de Fernanda.

Do hospital do Cajuru, onde a menina recebeu os primeiros socorros, ela foi encaminhada para o Pequeno Príncipe, lá permaneceu em tratamento por dois meses.

No decorrer do tratamento, exames e mais exames foram solicitados. Assim, foi possível identificar o que causou o mal na criança. De acordo com os exames realizados pelos médicos, uma arritmia cerebral foi o que quase tirou a vida da bebê.

A família conta que, os médicos disseram que, a menina poderia ter sérios problemas para se comunicar verbalmente, ou, até mesmo, nunca poder exercer o poder da fala.

Nessa bateria de exames, também, foi detectado que a criança tinha um ligamento errado na perna, “os médicos disseram que a minha filha nunca poderia andar, afirmaram que ela poderia ser uma criança vegetativa para sempre”, lembra emocionada a mãe.

Não foram poucos os dias de apreensão, agonia e tensão da família “Rodrigues”, a cada amanhecer e nascer do sol, se instaurava uma nova batalha pela saúde de Fernanda.

Emocionalmente, qualquer familiar ficaria abalado com as notícias de que sua filha poderia nunca ser uma criança “normal” e gozar de uma vida com uma saúde sadia.

No entanto, os Rodrigues recorreram a Deus – milagre?

José Antonio, Sueli Rodrigues, Joseany a filha mais velha e Fernanda no colo da mãe

Sueli conta que numa noite teve um sonho com Jesus. Neste sonho, segundo ela, o Salvador do mundo vinha ao seu encontro. Relata que Jesus, estava caminhando em um campo verdejante, se aproximou e disse: “Não temas, a sua filha será curada”.

Clique aqui conheça 
o Doctor Fit

Após esse sonho, ela disse que a fé foi fortalecida na esperança da promessa de Cristo, dita a ela em sonho. “Eu já estava à espera de um milagre, após esse sonho eu tive a certeza de que a benção para minha filha ia chegar”, conta.

A madrinha de Fernanda, Aparecida Julião, também fez uma promessa a Deus, “Se a minha menina ficar curada, ensinarei a ela o caminho da fé”.

Desde àquela noite sombria e apavorante para José e Sulei, já se passaram 15 anos. Hoje, a jovem e bela Fernanda Rodrigues, caminha, anda corre e fala normalmente.

A festa de 15 anos da moça, foi uma festa de 15 anos muito diferente.

A festa de 15 anos de Fernanda Rodrigues foi realizada numa igreja

Quando se ouve falar em festas de 15 anos, logo pensamos em megas festões de arrasar quarteirões, mas no caso de Fernanda a opção escolhida foi bem diferente.

Lembram da promessa da madrinha? Pois é, a saudosa Aparecida Julião, cumpriu a promessa que fez a Deus. Fernanda se recuperou e ela a “ensinou no caminho em que se deve andar”.

A festa de 15 anos de Fernanda Rodrigues foi realizada numa igreja, onde a garota pôde testemunhar e realizar uma pregação, ela contou sobre o milagre que Deus realizou em sua vida.

Fernanda, atualmente, estuda para ser uma pregadora do evangelho.

milagre
“Eu só tenho a agradece a Deus”

A criança que segundo os médicos poderia não andar e nem falar, hoje caminha com as próprias pernas e doa a voz para anunciar a palavra de Deus.

Além disso, a menina de sorriso lindo e carisma peculiar foi contratada para ser modelo fotográfica de uma agência em Curitiba. “Eu só tenho a agradece a Deus por tudo que Ele fez, tem feito e que ainda há de fazer em minha vida”, finaliza Fernanda.

(Visited 27 times, 1 visits today)

Facebook Comments

Open chat
1
Oi, que bom que você está vindo conversar comigo, terei o prazer em te ajudar no que eu puder. Seja bem vindo (a)!